A importância do estágio e voluntariado em organizações internacionais

De acordo com o site da Associação Brasileira de Estágios (ABRES), o último censo realizado pelo Inep/MEC em 2010, constatou que existem no Brasil cerca de 14,7 milhões de estudantes (somando estudantes de ensino médio e universitários), sendo que desses, apenas 6,8% conseguem oportunidade de estagiar.

A realização de um período de estágio ou voluntariado em organização internacional  poderá permitir aceder a uma experiência extremamente enriquecedora no campo profissional e pessoal, onde as competências técnicas e  interpessoais são desenvolvidas e reforçadas num processo acompanhado pela descoberta de uma sociedade com referências sociais, culturais e empresariais diferentes.

Para além do acesso a novas tecnologias e a processos de organização e de gestão inovadores, os estagiários ficam dotados com as chamadas “competências transversais”, entendidas como um conjunto de capacidades, conhecimentos e experiências indispensáveis ao sucesso profissional nos dias de hoje em qualquer área de actividade, como são as competências linguísticas, espírito empresarial, iniciativa, adaptabilidade, flexibilidade, comunicação, decisão e sensibilização para as questões da qualidade.

Por outro lado, os estagiários e voluntários que empreendem uma experiência de trabalho numa empresa  ou organização sediada no exterior  têm  geralmente a preferência das empresas do seu próprio país aquando do recrutamento de novos recursos humanos.

Pensando nessas possibilidades a ARJSF que uneb as únicas duas cidades irmãs que também são cidades olímpicas criou um programa de estágio e voluntariado para fins acadêmicos. O serviço de estágio é não-remunerado mas possibilita a contratação através de projetos específicos que poderá gerar recursos aos estagiários. O Voluntariado permite que o estudante crie sua rede de contatos profissionais. Todas as modalidades contam com declarações de aproveitamento da Fundação.

Junte a nós ! Conheça os projetos e participe !